segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Doce amor...

Hoje a lua sorriu para mim
Um grande e brilhante sorriso
Daqueles que tiraram o fôlego
De qualquer criatura
Sorriso ao qual eu não havia notado
Talvez ela já me sorrisse assim antes
E eu com meu coração perdi
Me neguei a contemplar
No entanto aquele sorriso me disse tanto, 
Sem uma palavra pronunciar
Não há amor mais lindo
Simples e completo como este
O amor a vida, as pequenas coisas
Aos pequenos e brilhantes sorrisos
O amor que o belo sol me tem
O amor verdadeiro ,
Que meu manhoso gato
Me dá todos os dias
O amor que transpira das flores
O amor que a brisa me proporciona
Quando me toca gentilmente
E acaricia minha pele
Há amor seu danado
Estava ai e eu não percebi

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Sou todo o amor que tenho...

Sempre disse que nossos sentimentos são nossos e apenas nossos,  que outros jamais sentirão com mesma intensidade.
Hoje confirmei minhas palavras, e melhor ainda eu me centrei ainda mais pois ouvi a seguinte frase: "O amor é meu,  eu posso amar quem eu quiser. Eu sou aquilo que amo,  não o que me ama.".
Independente de ser certo aos olhos de quem quer que seja, o amor é e será sempre meu,  tendo ou não um futuro eu ainda amarei pois eu sou amor,  eu sou tudo aquilo que planto.
Eu irei te amar sempre,  independente do que aconteça,  pois eu e vc podemos nunca sermos nós,  no entanto eu sempre serei eu, e eu sempre amarei o melhor de mim ou para mim.
Hoje entendo que ninguém morre por amor,  morremos de amor!

domingo, 16 de novembro de 2014

Observando...

Hoje estou vivendo uma fase intrigante em minha vida, pois pela primeira vez estou apenas presenciando,  pela primeira vez me coloco no papel de observadora das histórias.
Não sou mais eu e a Julieta,  agora sou apenas eu e as histórias de amor a meu redor.
As tantas histórias de amor,  as tantas dores e amores,  as lágrimas e sorrisos,  de pessoas a minha volta.
Hoje vejo o amor com um olhar mais apaixonado que antes,  pois esse belo sentimentos está sempre ai, em todos os lados, agora posso contempla-lo literalmente,  pois sei o sabor dele e também consegui vê-lo por olhos alheios aos meus,  vejo as histórias de amores eternos que não passaram de apenas promessas,  contemplo promessas de amores que morreram, serem cumpridas como se ainda houvesse "nós".
Vejo lindas histórias sofrendo por intriga,  e lutando para sobreviver as ciladas e peças que a vida prega,  assisto histórias de amor que começaram por desejo, paixão e agora se fazem do mais lindo sentimento.
Mesmo que nesse meu atual momento,  não faça idéia de onde está minha Julieta,  ou se tenho uma, ou se a vida me pregou uma peça,  ou se eu deixei minha Julieta em algum momento e a perdi para sempre,  fico aqui assistindo as belas histórias reais de Romeus e Julietas, fico aqui esperando não ser para sempre apenas uma observadora dessas histórias,  fico esperando que um dia a minha Julieta apareça,  que tudo se esclareça e o amor aconteça para mim, e eu enfim viva-o com sabedoria para o todo sempre.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Nossas marcas

É engraçado como algumas pessoas deixam marcas em nossas vidas
Algumas parecem cicatrizes
Cortes secos e certos
Outras são marcas feias
Cicatrizes deixadas por estilhaços de vidros
E algumas para alegrar nossos corações com as memórias
E ajudar na saudade
São belas tatuagens pintadas com as mais belas memórias

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

E bateu saudade...

Abri a porta da sala para deixar o sol entrar e clarear a casa
No entanto algo mais entrou acompanhando a brisa quente
Sentí um ar já conhecido
E um sentimento complicado
Seu sobrenome era saudade
Me abraçou usando da brisa leve
Acariciou meu rosto e disse "saudade"
Fechei meus olhos para ver os teus
Olhos castanhos claros que me fitavam a fundo,  como se me avaliassem
Respirei fundo ainda de olhos fechados
Para poder deslumbrar meu sonho por mais alguns instantes
Seus cheiro era algo indescritível
Eu mais uma vez não soube o que fazer
Ergui a mão na esperança de lhe tocar
E fui retribuída com o mesmo gesto
"Vou te procurar até lhe encontrar,
por mais que demore,  um dia
lhe encontrarei!"
Um sorriso lindo foi aberto
E a frase saiu no meio dele
"Eu te espero"
E no ar desapareceu
Ah que saudade tenho de você
Ah que angústia me dá de não te encontrar
Que saudade desse sonho que não vivi!


Hoje um sentimento já conhecido apertou meu coração, basicamente um de já vi.
Eu queria correr ao encontro,  queria saber seu cheiro, sentir o toque.
Foi como se eu soubesse onde te procurar,  como se eu soubesse que iria chegar,  é engraçado como esse sentimento é complicado,  essa saudade de algo que não tive, esse amor por um sonho!
Já me senti esperando um sonho antes,  acho na verdade que o sonho continua sendo o mesmo,  tenho certeza ser o mesmo, sei que já escrevi um texto sobre essa saudade de algo que não tive, ou que não conheci ainda.
O engraçado é que isso foi a muito tempo atrás,  mas hoje sei que o sentimento é o mesmo,  sei que quero buscar meu sonho, quero encontra-lo e vive-lo.
Talvez meu sonho não passe de uma utopia, talvez assim como o nome diz seja apenas um sonho,  e eu apenas viva atrás de vive-lo.
Mas esse sentimento de que eu amo aquilo que ainda não conheço me dá a certeza de que irei viver, então sonho me espere porque eu estou seguindo,  estou aprendendo muitas coisas no caminho pra te merecer quando você chegar!
Sei que não é fácil alcançar aquilo que desejamos,  muito mais difícil ainda é manter-se firme,  porém meu sonho é tão lindo e quando penso nele meu coração dispara,  sei que não será fácil, mas vou buscar,  vou seguir.

domingo, 7 de setembro de 2014

Prove para você...

Hoje uma amiga me disse que estava cansada de ter que provar quem é para as outras pessoas.
Cheguei a conclusão que todos fazemos isso, todos os dias, e cheguei a conclusão que isso é simplesmente desnecessário.
Pois sempre irão nos julgar por pensarem que sabem tudo sobre nós,  porém ninguém sabe tudo de alguém,  alguns poucos sim nos conhecem e sabem quem somos (por verem aquilo que nós passamos).
Então porque viver de justificativas quando podemos viver  e deixar que vejam quem somos,  assim como aqueles poucos já vêem!
Sei que também tento me justificar as vezes,  sei que tento mostrar coisas,  porém as pessoas vão ver o que querem ver!
Somos mais do que vêem,  somos mais do que passamos ser e o melhor,  somos mais do que pensamos que somos.
Por sermos seres humanos, vivemos em constante aprendizagem!  Então mudar é apenas uma lei da vida.
Então chega de tentar provar algo pra alguém e prove para si, descubra-se, reinvente-se e melhor encontre-se!
Hoje eu estou me encontrando, assim como já estive por várias vezes e sempre me surpreendo comigo, e quando isso acontece você prova sem querer que você era mais do que te julgaram que você era ou seria!

"...o que eu mais queria era provar pra todo mundo que eu não precisa provar nada pra ninguém..."
Legião Urbana

"...E que fique muito mal explicado. Não faço força para ser entendido, quem faz sentido é soldado..."
Mario Quintana

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Resposta aos Comentários...

Vem por meio deste... Brincadeira ( risos).
Olá pessoas lindas, estou escrevendo para agradecer os comentários aqui postados,  já fui chamada de mal educada e não pretendo que isso se repita (mesmo que eu seja um pouquinho), eu juro a vocês que eu não respondo por falta de educação,  as vezes ele tem vontade própria e simplesmente não me deixa responder ou postar, meu blog não deve gostar de mim.
Enfim, muito obrigado pelos comentários,  todos eles são lidos e penso muito em tudo que é deixado para mim, seja como pessoa,  seja como escritora(mirim), podem ter certeza que sempre raciocínio muito sobre eles viu, acho que hoje estou com um bom humor que eu não sentia a meses.
Estou simplesmente feliz, e o motivo eu não sei qual é,  estou feliz por existir, sei lá.

Obs: Se quiserem entrar em conta do mais direto o meu email atual é jennifer.tabosa@gmail.com

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Obstáculos só existem para serem superados...

A meses atrás eu gritaria,  choraria e entraria em pânico por não achar respostas a todas as minhas perguntas.
Não que eu sempre soubesse todas as respostas,  porém há aquelas as quais a gente sempre sabe as respostas,  mesmo que algumas vezes eu não quisesse realmente entender e ver a resposta eu sabia.
Porém em um determinado tempo eu simplesmente não sabia de mais nada, minha única certeza era o nome que me foi dado!
Nada mais tinha lógica,  nenhuma de minhas escolhas,  já não sabia quem eu era aqui dentro,  muito menos tinha orgulho de mim.
Mas hoje as coisas mudaram,  eu cresci mais um vez!
Ah um ano atrás ou mais um pouco eu escrevi alguns textos nos quais estava tão perdida quanto a dias atrás, a diferença é que na época tinha alguém a meu lado para me ajudar a ver as coisas e dessa vez tive que fazer a transição sozinha.
Não posso mentir,  foi e ainda é desesperador não enxergar algumas respostas ou ao menos o porque das perguntas.
Mas sabe ninguém sabe de tudo e estamos aqui para aprender,  sobre o mundo,  sobre as pessoas e o mais interessante sobre nós mesmos!
E apesar de todas as maluquices e fases difíceis pelas quais sempre passo, me orgulho muito de mim nesse momento pois mais uma vez eu estou sobrevivendo!

"...Não sou mais tão criança assim, a ponto de saber tudo..."

domingo, 27 de julho de 2014

Amor não se transforma em ódio...

Você não sabe que é amor porque doi e nem por que não consegue mais ouvir aquela música!
Você sabe que é amor,  quando te alegra ouvir aquela música ou ver aquela foto, mesmo quando o verbo já está no passado!
Você sabe que é amor quando ainda lembra do sabor do beijo,  mesmo daquele que não provou,  sabe que é amor quando os olhos lacrimejam e você se sente feliz apesar da saudade.
Você sabe que é amor quando quer o bem dela, mesmo que ela queira apenas te esquecer,  você sabe que é amor quando vê que mesmo tendo a liberdade em frente resolve ficar,  só para poder ve-la passar, sentir novamente aquele perfume e poder mais uma vez ver aquele sorriso,  mesmo que agora não seja mais você o motivo daquele belo sorriso!
O amor não mede distância, não mede erros e muito menos dores sofridas.
O amor só sente,  só quer o bem.
O amor só quer amor!

domingo, 13 de julho de 2014

Tudo nos faz melhoras...

Em um dia um homem levando da sua cama foi até a janela de seu quarto e abriu as cortinas, o céu estava nublado,  ainda era muito cedo e o sol estava preguiçoso ainda entrando no horizonte.
Ele ficou ali fitando aquela imagem por alguns minutos e admirando a beleza daquele dia nublado e apesar do sol estar presente as nuvens estavam todas a seu redor, ele olhou mais uma vez para o horizonte incerto do que estaria por vir e abriu a janela.
Uma lufada de ar frio entrou pela janela e o fez tremer com o choque do ar em seu corpo,  sentiu um arrepio subir de seus pés e chegar a sua nuca,  pousou as mãos na janela e se aproximou mais dela, quase se debruçando no batente, quase como se quisesse sair voando por ela, teve a certeza de que o dia seria gélido, algumas gotas bateram em seu rosto,  e o vento novamente o tocou, porém agora já não parecia tão agressivo, pois ele já havia se acostumado com a sensação fria, foi como um toque carinhoso.
Ele sorriu ao sentir o frescor e junto com a lufada sentiu também o cheiro doce da chuva e a esperança de dias melhores que só ela traz!

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Amor...

Como explicar o amor? É simples o amor não se explica,  não se mede e muito menos se escolhe.
O amor acontece,  o amor nos escolhe e simplesmente nos dá vida!
O amor colore o azul e trás música ao silêncio,  pois ele faz do nosso coração pandeiro.
O amor nos encontrar em uma esquina qualquer e faz com que ela se pareça a rua mais colorida e bonita da França,  o amor, ah o amor é um sentimento simplesmente indescritível ao qual nós meros mortais torcemos para conhecer aquele lindo e gostoso amor, que nos dá asas e nos prende da forma mais linda e gostosa!
Amor ah amor!
Então de repente você vê a luz no fim do túnel,  você encontra a mão disposta realmente a te levantar.
Acredito que deva ser assim o verdadeiro amor,  aquele que te acolhe mesmo sabendo de teus erros e pecados,  o amor verdadeiro é aquele que vem com a intençãode curar tuas feridas e lhe mostrar a bela rosa por cima dos espinhos!
Amor é aquele sentimento que chega sem avisar e quando você menos procura.
Amor é o que vem pra te curar e dar vida, amor é aquele sentimento recíproco de carinho e cuidado que só quem ama sente.
E é esse amor que eu amo!

segunda-feira, 30 de junho de 2014

A rosa...

De todas as flores no jardim as quais eu podia escolher
Acabei por ser escolhida por uma linda rosa
Seu perfume me fez sentir como no céu
E seu toque de veludo privou me da respiração
Queria eu arrancar da roseira aquela magnífica flor
No entanto flor tão bela assim não pode ser colhida
Mas mesmo com tal pensamento em mente arisqueime
Levando a mão em seu caule
A proximidade e a força com segurei a rosa foi tanta
Que o sangue escorreu de minha mão insolente
Uma lágrima triste escorreu dr meus olhos
Eu a queria comigo e só pude observa-la
Conservei-a ali
Acariciava suas pétalas e admirava de longe sua beleza
Assim como os restantes que a admiravam tbm
E assim é o meu amor
Eu cuido e protejo tão frágil ser
E assim cultivo o amor
Sem arrancar e prender
O amor é a rosa que cultivamos e observamos sua beleza!

domingo, 15 de junho de 2014

Mais cores...

Enfim aqueles dias que eu tanto almejava resolveram chegar,  vieram coloridos,  cheios de brilho e calma, dias que parecem que vieram sem a intenção de irem embora.
Sei que não existe essa de mar de rosas, mas também sei que quando nos permitimos as coisas fluem e quem escolhe se será um mar turbulento ou um lago calmo é você.
E desta vez acho que cheguei ao lago, as palavras fluem e os sentimentos vão se encaixando devagar e sem pressa.
Os pensamentos são tão iguais que por pouco não acho que estou conversando comigo mesma!
Quando eu estava perdida você chegou sem querer e foi ficando,  nossas brincadeiras e seu jeito fofo de me fazer sorrir está me fazendo tão bem,  agora me pego sorrindo e sei que é você.
Hoje há esperança de dias melhores sim e quem me trouxe ela nos braços foi você!

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Sobre amor...

Você já parou para realmente pensar no amor,  não falo apenas em pensar em amor no relacionamento,  ou referente ao relacionamento.
Apesar de não ter muita idade,  bom não o suficiente para falar de algo tão complexo como amor,  porém já tive algumas experiência, em todas elas aprendi muito,  descobri muito sobre as pessoas,  sobre mim e o mais importante,  sobre esse sentimento que desejo com tanta veemência entender!
Hoje após passar polos meus dois mais intensos e profundos relacionamentos amorosos entendi um bocado sobre o amor!
Sabe aquela frase que todos ouvimos sobre o amor libertar,  e que sempre curtimos no facebook, risos. Porém na hora da prática esquecemos a tal liberdade e resolvemos vigiar cada passo do nossa parceira (o), engraçado isso né.
Pois é eu cheguei a muitas conclusões, a primeira é que não sou dona de ninguém,  se as pessoas quiserem estar comigo elas estaram mesmo sem eu ficar mandando msg a cadastrar 5 minutos, entendi que mesmo quando se quer dar o mundo a alguém essa pessoa pode apenas estar querendo estar a teu lado, porque você não receber uma msg ou uma ligação a todo instante, não quer dizer que não é lembrado a cada instante.
Passei por um amor simples,  aquele que não se pede,  aquele que vem sem medo e deixa tudo mais leve,  porém também já passei por aquele que nos marca  a alma e faz mudar a vida inteira por alguém que no final,  vai embora deixando apenas lembranças
Mas ambos foram maravilhoso, não me arrependo de nenhum deles e nem de tudo que fiz por cada um,  fui feliz e fiz feliz mesmo que apenas por um tempo!
Hoje não vou dizer que estou atrás de um amor,  pelo contrário,  hoje estou esperando ele me encontrar,  estou esperando aquela pessoa que me tire o fôlego,  só por fazer uma surpresa a melevar para tomar um café, aquela ppessoa que se sinta feliz apenas por estar comigo.
Estou a espera da mulher que irá aprender e me ensinar mais sobre amor e amar.
Agora estou me libertando das dores, e me encontrando!

Perdão as pessoas que lêem, e me acompanham por aqui.  Resolvi seguir o conselho de uma amiga que sempre me deixa " Beijos doces", e me buscar e tentar me encontrar.
Obrigada!

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Inesperado...


 O dia se fez calmo depois de uma noite turbulenta, meus esforços pareciam estar sendo em vão, porque sou grossa e você durona.
 As lágrimas escorreram de minha alma e eu já não tinha mais folego para continuar aquela discussão que segundo você não levaria a nada e não chegaria a lugar algum, me rendi a tuas duras palavras e cheguei a pensar que aquela minha dessistencia seria o final de tudo!
 Pois se não posso provar e nem justificar nada, não poderia ganhar a batalha, muito menos a guerra.
 A água quente em minha cabeça me deixou ainda mais triste, já que só faço isso quando estou pessima, não consegui relaxar e fui para nossa cama em silencio, aceitando a derrota certa.
 Você deixou o comodo tambem em silencio, nem mesmo um olhar foi trocado, com o fone no ouvido deixei mais lagrimas rolarem com direito a trilha sonora.
 O celular vibrou, era uma mensagem sua, " Desculpa, Eu te amo", era apenas o que eu precisava saber, chorei agora de alegria pelo ato inesperado.
 Voltando ao quarto você se deitou e se aninhou em meus braços e ali dormimos.
 Então o dia surgiu calmo e tranquilo, passamos por ele com poucas palavras, talvez para não voltar a estaca zero e as alfinetadas, quando percebi já era noite novamente.
 A conversa na cama estava tranquila, basicamente casual, mas você me conhece e eu não sei reprimir o que sinto,e assim soltei que eu estava ali para cuidar de você, você se aproximou e ti vi chegando perto em camera lenta, seus labios encontraram os meus com os olhos ainda abertos, e de repente se fecharam a sentir o toque macio dos labios, nossas bocas se esquadrinharam, mesmo já conhecendo muito bem uma aoutra, foi tão forte como nosso primeiro beijo, o beijo foi intenso, beijamos com nossas almas,e acabamos por deitar na cama e eu apoiando meu corpo sobre o teu,as respirações saiam altas, misturadas com os gemidos que escapavam causados pelo sabor maravilhoso que sentiamos uma na boca da outra, o beijo acabou em um selinho, me afastei para fitar seu rosto. "Eu amo você", não pudi não confessar, seus olhos estavam com lagrimas e mesmo sem você retribuir tais palavras eu soube que seu coração me gritava a tão bela frase.

terça-feira, 25 de março de 2014

Sorrindo...

 Nada melhor que saborear aquele sorriso que é voltado apenas para você, não há nada mais involuntario e belo que este seu lindo sorriso, aquele sorriso que expande tanto que precisa dos olhos para que saia assim, simplesmente perfeito, simplesmente só teu!
 O brilho do sorriso invadiu minha alma e fez meu coração bater mais rapido, posso dizer até que pude sentir um pouco de desespero, por não saber como reagir a tal reação.
 O sorriso capturou minh'alma e a segurou nas mãos e meus olhos ficaram alí presos nos teus como se eu fosse o girassol e você, meu sol particular.
 O silêncio tomou conta do nosso quarto, como se fosse a mais bela música até mesmo para mim, que não sou fã dele, só o som de nossa respiração se fazia presente enquanto os olhos se firmavam cada vez mais um dentro do outro.
 Eu quebrei o silêncio com a unica frase que pude pronunciar, e como resposta um beijo demorado e cheio de carinho, como nunca provei igual você deu em minha bochecha. O beijo que me tira do chão, o beijo no rosto que fala mais que qualquer palavra ou frase do mundo conseguiria dizer.
 Ouvi anjos cantarem, acompanhando o ritmo frenetico do meu coração a um simples acariciar inocente vindo de seus lábios em meu rosto.

sexta-feira, 21 de março de 2014

Um dia nublado...

 Ao abrir a porta de casa hoje pela manhã me deparei com um lindo sorriso, era simplesmente explendoroso, cheio de ânimo! Era o sol quem me sorria, as nuvens a seu redor estavam com cara de chuva, porem isso não desvalorizou o brilho da manhã.
 A lufada de vento era fresca e parecia um carinho em meu corpo ainda quente por conta da recem saida da cama. Dias assim me trazem sentimentos estranhos embora esteja um dia lindo, a chuva me da aquela impressão de que o céu está chorando, por culpa de quem será que algo tão belo se esvai em gotas de lágrimas doces?!
 
Ali na soleira da porta olhei o céu chorar
Ali sem dizer nada me coloquei a seu dispor e vi suas lágrimas rolarem
Será que chora por amor ou por saudade?
Será que o céu pode amar?
E se pode quem há de ser?
Em desvaneios me perdi ali a olhar
Mas não sei se pensava no céu ou pensava em mim,
as questões de amor doem para todos.
Um clarão me despertou
foi uma resposta a uma pergunta que não lembro?!
Quem sabe.
Sou desatenta e o céu é timido,
será que ele disse algo eu não percebi?
As lagrimas caem de um sorriso claro
Ele chora por amor!
Acho que ele nada perdeu,
deve ser a simples saudade daquilo que rega nossa alma.
Ou será que assim como o sol as vezes precisa de um eclipse
para ver sua amada
O céu chora para poder regar a sua?




Ok, eu realmente não sei de onde veio isso, apenas deixei meus pensamentos sairem.




 

segunda-feira, 17 de março de 2014

Diante dos olhos...

 Mas uma vez me deparei com aquele desconforto ao pensar em nós, porque apesar de passarmos os dias juntas e estarmos sempre alí, pensar a fundo no "nós", me faz tremer e temer a resposta.
 Porém algo hoje foi diferente, senti as lágrimas formarem no canto dos olhos ao te ver, como se nunca tivesse avistado algo tão belo, como se fosse o primeiro olhar a ser trocado.
 Fiquei parada olhando enquanto você subia as escadas falando ao celular, aquele jeito de falar com sorrisos que só encontrei em você, o rosto era alegria pura, os segundos te olhando pareceram horas, como se eu houvesse ficado decadas esperando apenas para te ver.
 Você olhou para mim e sorriu, meu coração se alegrou com aquele sorriso como se você fosse o sou e eu um girasol. Subimos o restante das escadas e subimos para mais um animado dia de trabalho, realmente não sabia qual de nós estava mais disposta aquela tortura habitual, porém a vida é assim não é! E então ali enquanto pensava em fugir e te levar escondida e rouba-la de todos te levar na minha mochila te olhei diretamente  e vi que estava a me olhar.
 Aqueles lindos olhos castanhos me olhavam com amor, esse era o sentimento, um amor que eu não via, talvez por medo de olha-los diretamente, talvez por não obsevar, porém agora estava claro.
 Ali sem nenhuma palavra para atrapalhar como eu sempre faço, você veio em minha direção e eu continuei fitando teus olhos, quase podendo contemplar sua alma, pude até ouviu uma música de fundo. O abraço foi inevitavel, e como uma criança me aconchegai em seu ombro, com o rosto voltado para seu pescoço, seu coração bateu tão forte quanto o meu ao toque dos corpos, e teu cheiro invadil meu ser.
Arrastei minha cabeça do teu ombro, passando por teu pescoço até encostar minha testa a sua, ali fitando teus olhos tive a unica certeza que eu precisava e preciso ter, quero você em minha vida e o porque descobri sem palavras através dos olhos da tua alma.
 Você me deu um beijo carinhoso, apenas precionando teus labios aos meus, suiu até minha testa e a beijou novamente e foi ai que as minhas lágrimas correram em silencio.
 -Me perdoe por parecer algo que não é, eu te amo.

sábado, 15 de março de 2014

Respirando...

 A duvida é algo cruel, pois nos retira a paz e nos faz ficar sem foco.
 Porem o que seria de nós sem elas? Como aprenderiamos se não fossem as duvidas e as dificuldades.
 No entanto quando acalmamos os animos e respiramos antes de explodir e machucar e nos machucarmos, as coisas se acalmam e vemos com um pouco mais de caltela e vemos que as coisas podem não ser tão duras como pensamos.
 Como dizem "Não há males que não venham para o bem", e isso realmente é uma grande verdade, então simplesmente nos cabe esperar, e ter paciencia mesmo quando ela nos falta.
 Olhe para o céu e veja como as coisas mais complexas e dificeis de serem entendidas de certa forma só precisam de serem vistas com um pouco mais de calma para vermos a beleza e a simplicidade de cada ato imposto.

sábado, 8 de março de 2014

Egoismo...

O que eu devo definir como egoismo, ou no caso, com maior taxa de egoismo: Desistir de tudo por amor, ou desistir do amor por amor a si proprio?
Realmente desta vez estou indecisa, não sei o que fazer e aquela velha angustia de realmente sentir estar dazendo tudo errado esta tirando meu sono e meu sorriso!

Desculpem por desaparecer!

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Silêncio...

Não me deixe quieta, não me permita pensar.  Pois meu silêncio é gritante, diz muito mais que todas as palavras que você pode imaginar!  Meus gritos mudos ecoam em minha mente e meus pensamentos voam a mil.
Meus medos e verdades sem voz gritam e tocam em minhas cicatrizes ainda doloridas.
Meus amigos noturnos voltaram,  depois de tempos desaparecidos resolveram vir me visitar.
O escuro do quarto se faz um imenso quadro, para que eles pintem sua arte triste, um quadro negro cheio de rostos e frases já ditas,  pensamentos dolorosos que só se libertam em forma de lágrimas.
Meus pensamentos, lembranças e dilemas saltam de minha mente para a escuridão do quarto,  como se meu cérebro se expandisse e tornará-se agora todo esse espaço vazio e ao mesmo tempo abarrotado de coisas,  minha bagagem passada!
Sei que ainda ficarei aqui olhando esse nada e vendo meu tudo por horas.
As vezes me pergunto qual é meu problema.
Será que todas as pessoas do mundo sentem esse desespero por viver,  sentem esse peso por não encontrar a resposta por se ser quem é,  e não saber para onde vai? !
Ou será que sou o único ser maluco suficiente para ter esse tipo de raciocínio?!
Ouço tanto "Só você mesmo né! ", que acho que só mesmo eu devo ser assim.
Cheia de questionamentos,  medos, ideologias e verdades que só eu entendo, tento entender na verdade.
Porque até eu me surpreendo comigo as vezes! 
Será que um dia saberei dar voz a meus gritos? Será que um dia entenderei o porque de tudo isso?

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

As músicas lembram aquilo que quero esquecer...

 Acordo com o fone já no ouvido e por um acaso do destino está tocando aquela música, aquela uma de tantas outras que trazem lembraças tuas, música aquela que tem o gosto doce de sua boca.
 Uma lágrima percorre meu rosto, lembro de beijos com o sabor desta lágrima que morre em minha boca, você estava com cheio de sol apesar da chuva que caia sobre nós.
 Sento-me na cama para tentar respirar, o ar entra devagar em meu nariz, tento me lembrar em fazer uma coisa de cada vez, respirar primeiro e chorar depois, porém fica tão dificil quando você está longe assim, sei que não é para sempre, porém ter tido você e meus braços e agora ter de passar a teu lado e fingir que nunca senti o gosto de seus lábios, encostar sem querer e lembrar de como nossos corpos se encaixam e a energia que cruza de um lado para o outro de meu corpo e percorre o seu como se descargas eletricas nos possuissem, e tentar esconder isso é como tenta matar algo imortal.
 Seu cheiro de sol continua o mesmo, seus olhos cor de mel tem aquele mesmo brilho quando me olha, ainda vejo aquela vontade voraz, quase como se você quisesse devorar minha alma e minha calma. Lembro de seu sorriso de lado, e aquela cara de feliz em saber que estou bem ciente do que está pensando. Uma energia sobe por meu abdômen e meus coração acelera, meu corpo se endireita de súbito, como quando você me pega desprevinida e me puxa pela cintura para pero de você, e me da aquele beijo que é só nosso...Minha mente está rodando com as lembranças.
-Anna, filha se andar rápido te dou uma carona!- Diz minha mãe batendo na porta do quarto e mandando as lembranças todas aguá a baixo.
 Pulo da cama deixando o celular e fone sobre a mesma, hora de acordar Anna, chega de sonhar, diz uma parte de mim com deboche, como se quisesse me ver sofrer.
Porém o dia está apenas começando e eu terei minha dose de veneno diaria a pouco e mesmo isso sendo triste me alegra!


Estou bem corrida últimamente, e como vivo mais com o celular do que com meu livro na mão. Está ai mais uma prévia, risos...


terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Adeus meu amigo...

Chegou como uma brisa me trazendo seus lindos pensamentos
apesar de minha teimosia tentou me guiar como se faz com criança
Com calma e puxando pela mão
Apesar das dores e pesares
viu-se em mim e tentou me auxiliar
Imagino como lhe era dificil ver seus defeitos e erros serem
eram quase como espelhos dos teus
e mesmo assim ficou a meu lado e quis me fazer acordar
Embora a teimosia tambem seja algo que temos em comum
Você ficou
Obrigada por tudo que me mostrou
Obrigada por assoprar minhas feridas
e fazer o curativo mesmo que eu tentasse não deixar
Não sei se você partiu pensando que não houve mudança
mas pode ter certeza meu querido que houve!
Você será sempre lembrado
Como meu amigo, conciência e professor!
Com muito carinho
Da sua fã e amiga



Graças a esse blog que um dia foi criado apenas com a intenção de conseguir liberar um pouco as coisas que passam em minha mente e meu coração, coisas que por sinal só sei expressar dessa forma, eu conheci um grande homem!
Ele foi uma das primeiras pessoas a ler e comentar aqui em meu espaço.
Começamos a nos aproximar mais nos ultimos meses e notamos que a vontade de viver um grande amor não era nossa unica semelhança. Dividiamos o gosto musical e o amor por livros e boa leitura.
Sempre disse a ele que ninguem chega em nossas vidas atoa, e muito menos só passa por passar, todos temos um porque para tudo. E você meu querido amigo chegou e me ensinou muito, chegou exatamente quando mais precisamos, pois não ajudou apenas a mim!
Apesar das nossas discussões e diferenças de pensamentos sei que passamos muito um para o outro.
Eu só queria um pouco mais de tempo, que infelizmente não tive!
Para sempre será lembrado meu velho amigo!!!

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Um pedacinho da história...

O dia foi extremamente massante e depois daquele maravilhoso banho de chuva Mônica me convenceu a ir dormir em sua casa que era mais próxima.
Entrei primeiro no banho, ela fazia algo no quarto, enquanto eu estava debaixo d'agua novamente.  A porta do banheiro se abriu e meu coração e todos meus músculos pararam no mesmo estante,  fez-se um minuto de silêncio, que foi quebrado pelo som de sua voz, bem em frente ao box:
-Deixei roupas secas pra você em cima da minha cama e aqui está a toalha. Precisa de algo mais?
-Não, obrigada! -Minha voz saiu meio presa, ela estava do outro lado do vidro esfumaçado, sua respiração não estava calma como de costume.
Fiquei parada olhando sua silhueta, ao som da água do chuveiro caindo em meu corpo nu, pude jurar que vi sua mão se mover para perto do puxador, porém antes de seus dedos o alcançarem ela se virou num solavanco e saiu do banheiro.
Enfim voltei a respirar e terminei meu banho, ao sair para o quarto que estava vazio encontrei as roupas na cama, me caíram tão bem que fiquei me perguntando como ela acertará minhas medidas com tanta precisão.
Quando terminei de me arrumar ela entrou no quarto, de banho tomado também.
-Ual...As roupas ficaram ótimas! -Disse com uma voz tranquila e me olhando com olhos serenos.
-Pois é,  você realmente acertou!-Abrí um sorriso,  que ela retribuiu.
-Quer comer algo antes de dormir?
-Não, obrigada.  Estou exausta e amanhã tenho que estar cedo na loja!-Meu rosto foi de desânimo total, ela sorriu.
-Então vamos dormir. -E deu um pulo para cima da cama,deitando na ponta e me mostrando o canto.
Eu a acompanhei e pulei por cima dela,  me deitei e me cobri, deitada olhando para o teto,  ela esticou o braço e desligou a luz, num interruptor muito bem situado na altura da cama, uma idéia super prática.
-Boa noite...
-Boa noite Mônica.-Eu amava dizer seu nome,  no entanto ela raramente dizia o meu.
Ela virou de costas para mim e eu fiquei ali fitando seus lindo e longos cabelos mais escuros que aquele quarto escuro, seu corpo estava lindo ali como estava sobre q cama.
Fiquei um tempo ali olhando para ela, até adormecer e sonhar com aquele anjo maravilhoso deitado a meu lado. 
Porém acordei durante a noite, havia mudado de posição na cama e foi isso que me acordou.  Minha perna estava no meio das tuas,  e meu braço estava como um cinto de segurança,  prendendo e segurando seu corpo junto ao meu, meu coração estava disparado, eu estava de conchinha!  Apoiei a mão na cama para desvencializar meu corpo ao dela, quando forcei o corpo para cima ela se moveu, então tentei sair mais rápido antes que ela despertasse, quando retirei meu corpo das tuas costas ela gemeu.
-humm...- Sua mão pousou em minha cintura e eu estremeci.
Fiquei imóvel,  então seus dedos se fecharam em meu short emprestado e sem força alguma, tentou me puxar como quem quisera me devolver a posição inicial,  e eu obedeci. Aconcheguei meu corpo ao seu, a abracei como se nunca mais fosse soltar e voltei a dormir.
O silêncio da casa que dormía foi interrompido pelo som de minha música preferida.
Ai, não acredito que já são seis horas. Esquadrinhei a cama com meu braço até encontrar meu celular que urrava embaixo do travesseiro, desliguei-o.
Abrí meus olhos para ter certeza que aquilo não tinha sido apenas um sonho,  pois não era mesmo.
Libertei meu braço e fui tirando a coberta de meu corpo, quando a coberta estava apenas sobre meu anjo,  fui me arrumando e sai de nossa posição de colheres em uma gaveta.
Passei meu corpo por cima do seu sem encostar para não desperta-la, minha perna esquerda estava no chão e a outra a caminho, quando ela se moveu, puxei a outra perna mais rápido e quando fui retirar minha mãe que estava apoiada na cama ouvi o sussurro:
-Não! Fica...Anna fica! -sua mão segurou a minha,  meu coração parou e meu corpo amoleceu, vi seu olhos me fitarem, ela olhava através de meus olhos, como já fizera outras vezes. Parecía que estava olhando minha alma.
-Anna, minha Anna...Fica!-Era uma súplica.
Eu não pude dizer não, me deitei na cama, bem a sua frente e seu braço segurou minha cintura, ela se erguiu o suficiente para aconchegar sua cabeça em meu ombro e apoiar todo seu corpo em mim.
Respirou fundo,  e eu senti a lufada de ar saindo de seu nariz direto para meu pescoço, e eu abracei forte e beijei sua testa...
E ali ficamos.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Ei coração...

Na volta para casa, com a noite já tendo armado sua tenda negra no céu.  Sentí um perfume conhecido, meus olhos vasculharam em volta, a procura daquele sorriso conhecido, busquei em vão por aqueles olhos que me serviam de faróis nos dias mais nublados.
Fechei meus olhos e me prendi naquele perfume, tentando sentir cada pontinha de cheiro espalhada no ar.
As estrelas trouxeram mais recordações,  imagens, sorrisos,  olhares.
O sabor de lábios quentes juntos aos meus fez uma lágrima percorrer meu rosto.
O desejo de um abraço teu me fez arfar baixinho, e querer mais um.
A brisa da noite envolveu meu corpo e me acalentou, a luz da lua serviu-me de guía em meu devaneio e me trouxe de volta a realidade, roubando-me da saudade.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

A promessa...

A noite anterior a nova partida foi meio desesperadora. Eu entrei em pânico e não segurei o choro. Ela me viu chorar mais uma vez, e como em todas as vezes que uma de nós chora a outra mantém-se firme para dar apoio. Ela me abraçou forte e ficamos assim por um bom tempo. Abraçadas, eu chorando e ela me fazendo carinho. No outro dia logo cedo partimos para o aeroporto, e eu novamente angustiada e chateada com mais uma despedida. Podíamos ver os sentimentos refletidos um nos olhos da outra. Todos os sentimentos, o amor,  a angustia por mais uma despedida. O check in estava feito, estávamos em frente a sala de embarque, ambas com os olhos cheios de lágrimas. Nos abraçamos e ali em meio a seus braços,  e lágrimas ela me apertou e disse: Eh a última despedida, não passaremos por isso novamente. Te prometo meu amor. Confía em mim?! Eu apenas chorei mais e assenti com a cabeça. Nos despedimos só com o olhar e um selinho, marcou nossa última despedida. Nosso último encontro de desencontro.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Torna-te quem tu és...

Em uma grande árvore repleta de vidas e verdes, haviam dois pequenos casulos. Casulos que agora abrigavam seres inimagináveis a seus próprios olhos. Seres que outrora se afastavam agora estavam ali,  simplesmente parados. Guardados por uma camada fria e seca,  desprovidos de luz,  nem ao menos sabiam o que estava acontecendo.
Os outros insetos que moravam ali,  passavam e comentavam sobre os casulos. Alguns diziam que estavam mortos,  outros que virariam algo melhor, outros ainda que iriam ficar apenas uns tempos sair e continuariam as mesmas coisas.
Um casulo queria logo sair,  sentia uma vontade incompreensível de voar, apesar de nunca te-lo feito.
Enquanto o outro queria ficar dentro do casulo, com medo do futuro.
Ambos ouviam os comentários, ambos tinham o medo em si, a dúvida.
Então o dia chegou, os casulos começaram a se abrir, eles começaram a ver a luz.
O primeiro inseto foi se movendo,  sentindo a brisa,  ouvindo o vento lhe chamando, segundo nem se movia.
O lacre que prendia a vida deles agora estava por um fio e eles podiam sentir o novo chegando.
Os casulos se abriram no mesmo instante, de repente o primeiro caiu e abriu suas assas confiando em seu coração e subiu em um maravilhoso vôo.
Ele subiu e olhou para seu casulo vazio e o outro casulo já aberto com a linda borboleta pendurada firmemente enrolada em suas assas,  segurando-se com medo do novo.

Sempre sabemos o que somos e o que queremos,  basta seguir o coração,  por mas que seja difícil.

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Sempre procurando...

Havia um jovem casal sentado na grama,  não jovem apenas pela idade dos apaixonados,  mas também pelo tempo que estavam juntos.
Ali abraçados,  de frente uma para o outro a  garota olhava fixamente para os olhos do rapaz, aquele olhar que faz a alma se retorcer, olhar que procura algo. O garoto intrigado abre um sorriso e pergunta o que ela tanto busca em seus olhos. Ela responde que quando encontrar lhe contará e o beija carinhosamente, aquele beijo em que apenas os labios se encontram,  cheio de carinho.
O garoto apaixonado pede para que ela fique,  que o deixe ama-la.
Os olhos doces e sinceros dela são tristes,  cheios de vestigios de dores passadas, o medo de se entregar e se machucar lhe rasga alma, ela o abraça sem nada dizer.
Ele entende o ato,  pois também já teve sua cota de dor, porém com a mão levanta o rosto de sua amada,  olhando novamente aqueles lindos olhos ele diz:
-Sei que já sofreu, já doeu e sempre que nos machucamos ficam cicatrizes. No entanto a vida é assim, e se mais cedo ou mais tarde alguém estará a teu lado, e infelizmente nunca saberá se é a pessoa certa ee não arriscar.
Você só encontrará o que procura em meus olhos quando sentir o que sinto em meu peito e isso só irá acontecer se me deixar te mostrar.
A abraçou e deixou o silencio falar enquanto afagava o cabelo da menina com a cabeça em seu ombro.

Moral da história,  não há males que não venham para o bem, nem há um ponto final para nada enquanto estivermos vivos.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

A certeza de você...

As vezes acordo durante a madrugada e seu cheiro está aqui, me fazendo companhia, já que teus braços não estão ao meu redor.
Aconchego-me ao travesseiro imaginado que é seu corpo.
Por vezes até posso ouvir você dizendo para eu ficar quietinha e voltar a dormir,  me ninando como faz sempre que perco o sono.
Quando enfim acordo, com o fone já no ouvido sempre toca uma música nossa,  talvez porque todas me lembram você.
O bom dia, assim que pego o celular antes mesmo de abrir os olhos é involuntario, quase como se você estivesse comigo na cama e eu me virasse para te contemplar e dar oi.
Tudo durante o dia trás um resquício teu, a certeza de que você é meu farol é o que me faz levantar e lutar mais um dia.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Em apenas um olhar...

Quando se está próximo da pessoa amada palavras são desnecessárias, os olhos dizem tudo!
Os olhares possuem aquele brilho, aquela intensidade que só quem ama entende, os olhos revelam os segredos da alma, expelem e explicam o que palavra nenhuma neste mundo consegue explicar.
Olhos que amam, desejam, guardam e sabem que aqueles olhos que refletem o brilho são os olhos que devemos olhar e zelar o restante de nossas vidas!
Enxergar tudo no olhar,  passado,  presente e futuro,  descobrir naqueles olhos o motivo da própria existência é como se deleitar de uma breve visão do paraíso...

domingo, 22 de setembro de 2013

Te olhando...

Te olhar é meu hobby, nesses dias em que passamos juntas eu fico de longe te olhando, memorizando cada detalhe seu, guardando cada momento.
Algumas vez parece que te conheço tão bem outras no entanto me confundo.
O teu sorriso me contenta, te fazer sorrir é a coisa mais linda do mundo ganho meu dia quando te faço sorrir, no entanto de ouvir chorar divide minh'alma, daría tudo para passar todas as tristezas em seu lugar, queria poder fazer de teus dias um mar de risos.
Todos os dias acordei mais cedo, e fico aquí quietinha te olhando, minha vontade é te colocar nos braços e segurar para sempre,  te proteger de tudo.
Sei que é cliché mas te ver dormindo é tão bom, fico aqui pensando no depois... Queria que fosse para sempre assim,  todos os dias!
Eu te amo minha pequena!

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

E o dia se transformou...

Hoje eu iria ir para R.J. estava tudo marcado,meses de planejamento.
O dia ontem foi tenso, queria que passasse logo.
Quando hoje enfim chegou me preparei e fui para o aeroporto,  passei a manhã inteira com um sentimento estranho uma agonía.
Chegai no aeroporto meia hora antes do vôo sair,  então a moça disse com uma cara bem despreocupada:
-Srt. Esse vou encerrou!
-hen? !como assim o avião sai em 30 minutos!
-Pois é, porém o checking encerra 30 minutos antes.
-Ok, mais o vôo sai as 14:15, falta meia hora, que horas encerrou?
-Encerrou às 13:30.
Comecei a chorar e falar com a atendente mais de nada adiantou, indignada sem ter o que fazer fui atrás de dinheiro para remarcar a passagem.  Para o mesmo dia, não ia dar tempo.  OK vamos marcar para amanhã as 7 da manhã!
-Encerrado!
Para amanhã as 9...
-Encerrado srt.!
Eu entrei em desespero estava soluçando de tanto chorar e minha namorada chorando do outro lado tentando me acalmar r achar uma solução.
Minha tia tentando de tudo r nada dava...A palavra cancelar me atingiu como um caminhão desesperei mais ainda...
Enfim conseguimos o vôo para dia 19 às 14 horas.
Então depois de todo o stress e lágrimas vi o quanto nosso amor é "foda" Essa é a palavra, porque não desistimos, lutamos juntas,  choramos juntas!
Obrigada amor.
Te amo!!!

sábado, 14 de setembro de 2013

Um ano que descubrí o amor...

Eu escrevi ontem mas não consegui postar...

Hoje fico mais velha,completo meus 23 anos e também comemoro 1 ano de namoro com a mulher da minha vida.
O dia não está fácil,  estou muito muito feliz porém está difícil.
Estou longe dela,  queria estar como dia 13 do ano passado,  estávamos juntas abraçadas,rindo, comemorando meu aniversário e meu primeiro dia de namoro.
Tenho a total Certeza que aquele foi o melhor dia da minha vida, eu amei!
Minha pequena sei que não está sendo o dia que vc esperava,  porém é o melhor dia do ano, você me faz a mulher mais feliz da face da terra.
Sei que esse dia se repetirá por muitos e muitos anos e teremos um melhor que o outro.
Prometo que a partir de hoje dia 13 será zelado ao extremo tá.

"Amante, te amo e me amas e te amo
São curtos os dias,  os meses,  a chuva, os trens
São altas as casa, as árvores, e somos mais altos..."

Te amo para sempre

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Contagem regressiva...

Meus caros a contagem regressiva começou, dia 13 esta chegando.
E ele é meu dia de sorte literalmente,  pois fico mais velha e comemorarei um ano com a mulher que amo.
E apesar deste ano ela não estar comigo nesse dia, a passagem ja está comprada para alguns dias depois.
Embora faça dois meses apenas que nos vimos a saudade já está me matando.
Bom meus lindos só para contar a novidade mesmo...
Obrigada pelo carinho e pelos lindos comentarios.

Quando mudei tanto? !...

Não sei se todos tem essa mania, mas eu costumo olhar minha vida por outro ângulo, de fora.
E antigamente, que por sinal não é tão antigo assim, eu olhava e enxergava alguém diferente desse eu que vejo me olhando agora.
Eu enxergava uma garota, teimosa, neutra, paciente, que levava tudo na esportiva, com os sentimentos domados, decidida.
Hoje estou tentando entender o que vejo... Sei que sou eu, porém diferente.
Traços da garota ficaram na mulher que me olha agora, no entanto ela me olha com réplica, pois a garota teimosa ainda esta aqui, na verdade acho que não é teimosa e sim mimada.
Algumas coisas eu entendo tranquilamente, acho até que tenho uma mentalidade muito boa para alguém da minha idade, em alguns sentidos, só que ainda sou essa garota, e por mais que eu queira ser compreensiva, forte, demostrar isso é tão difícil, e isso me deixa muito angustiada comigo.
As vezes a frase até que sai bonita o sorriso até é convincente, porém a voz entrega...
Entender não é o problema, aceitar que é difícil.
Essas minhas mudanças são boas eu sei, e devo todas elas a apenas uma pessoa!
Confesso que as vezes fico pensando se aguentarei ser essa pessoa que estou me tornando, somos diferentes, ela sou eu com sensatez, amadurecimento e tals.
Mas mudar nunca é fácil né,  espero que sua paciência seja maior que meus surtos...

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Saudade de momentos que não passei...

Em um cotidiano dia uma garota se senta na calçada, com o coração apertado, pois uma sensação a incomodava e doía.
Porém ela não entendia aquela angústia e ali quieta olhando o vai e vem das pessoas, prestou um pouco mais de atenção em alguns momentos e naquele instante descobriu o que era aquela sensação estranha a qual ela ainda não havia entendido.
Era saudade,  não uma saudade por distância ou por carência.
Era saudade de um momento ainda não vivido, saudade de uma amanhã não saboreado,  saudade de um programa ainda não programado.
A garota notou naquele instante que a saudade não se dá só do passado, o que mais machuca na saudade,  é a saudade de viver no hoje o vivido no passado a vontade de viver um futuro já sonhado dado ao passado saudoso já construído.
A saudade mais dolorosa é a saudade de algo que ainda não foi vivido, a saudade de um sonho!

domingo, 18 de agosto de 2013

Saudade dos nossos Abraços...

Hoje acordei feliz
Porém com uma saudade latente
Estava dormindo entre duas pessoas
Mas nenhuma era você
Me senti tão sozinha
Mesmo em meio deles
Dei bom dia para o meu amor
Que está a 1444 km de distância
Mas esta aki em meu coração também
Conversando contigo
E dizendo como estar perto faz falta
Uma lágrima solitaria escorreu
E percorreu meu rosto
Assim sou eu longe de você
Uma lágrima solitária
A percorrer as ruas
E os caminhos longe de você!!!

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Mais um mês...

As horas se vão, os dias passam, os meses. Nem parece mas hoje (ontem rs,porque já passou da meia noite), fizemos 11 meses né minha pequena.
Contrariando tudo, a distância, a idade, as personalidades e minha teimosia.
Passamos por tantas coisas, não nos faltaram dr's, nem discussões por bobeiras, lágrimas por saudade, pedidos de perdões entre cortados pelo choro, mil eu te amo na caixa de mensagem, mensagens de amor na madrugada, horas e horas com o violão na mão para cifrar uma nova música,  textos apaixonados e planos de uma vida a duas.
Sei que todo dia 13 é tenso,  acho até que nosso subconsciente faz de propósito rs.
Sei que brigamos muito, sei que elas estão diminuindo e que um dia acabaram,  porém elas só mostram o quanto nos amamos,  vencemos tantas batalhas. 
Sei que as vezes você deve achar que faço se propósito,  mais não é,  sou louquinha, esquecida, teimosa mais não sou masoquista.
Eu te amo minha Rainha, obrigada por mais um mês maravilhoso.
Te amo!

domingo, 11 de agosto de 2013

Longe de você...

Longe de você eu enlouqueço muito mais,
Eu vivo na espera de poder viver a vida com você
Vejo pessoas sem saberem pra onde o mundo vai
E eu conto as horas pra estar com você
Longe de voce eu preciso de algo mais
Eu vivo na espera de poder viver a vida com você
Vejo pessoa sen saberem pra onde o mundo vai
E eu conto as horas pra estar com você

Que mundo é esse que ninguém entende um sonho
Que mundo é esse que ninguém sabe mais amar
Pra tanta coisa que faz mal eu me disponho
Quando eu te vejo eu começo a sorrir!

Não quero desperdiçar a chance de ter encontrado você
Hoje o que mais quero é fazer você feliz
Vejo as pessoas e sei que juntos nós podemos muito mais
E eu vivo na espera de poder viver a vida com você

Molduras boas não salvam quadros ruins
Eu procurei a vida inteira sem saber bem pelo que
Mais se pelo menos você estivesse aqui
Eu conto as horas para estar com você

Charlie
Fala sério ele era muito bom!

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Metade...

A dor da saudade invade minh'alma
E tritura meu coração
A lembrança do gosto de sua boca,
Do brilho dos teus olhos
Fazem inveja a meu dia que passa
A nossa música faz-se
a trilha sonora de minha tristeza
Posso até ouvir tua voz a me chamar
Meu nove fica lindo
quando sai de teus lábios
Agora ne sinto pela metade
Sou a metade de nós
A metade da felicidade
Hoje sou metade tristeza
pois apenas junto com minha metade
Serei uma completa felicidade.

"...Metade de mim agora é assim, de um lado a poesia, o verbo a saudade,  do outro a luta, força e coragem pra chegar ao fim..."

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Saudade a mil...

Minha metade a essa hora dorme
E eu aqui fico no escuro
Esperando que o sono chegue logo
A música só aumenta essa já imensa saudade
A tristeza no peito bate
Sem medo de machucar
Lembranças vem e vão
Imagens, sons e cheiros
Martelam minha alma
Arrasando meu coração já inconsolável
Por essa distância
Não resisto e deixo as lágrimas rolarem
E aliviarem um pouco esse peso
No peito
A saudade explode em lágrimas
Molhando o travesseiro
Durma bem meu pequeno anjo
Eu zelo teu sono.

" ...Dali pra frente tudo é doce
É doce até não enjoar
Minha nossa é só ficar longe
Que logo,eu penso em você!!!..."

Te amo!!!!!!!!!!

terça-feira, 30 de julho de 2013

Não tem preço...

Para onde irão minhas palavras de carinho?
Que fins levarão minhas músicas de amor?
Com quais outras lembranças serão guardadas minhas cartas e cartões de amor?
Onde será enterrado aquele botão de rosa que lhe dei como prova de amor?
Onde estarão escondidas nossas fotos de dias felizes?
Essas relíquias serão guardadas em um bau, não um qualquer!
Esse é especial pois levará para sempre a minha maior riqueza,  protegerá as provas de um amor sem limites,  guardará provas do nosso paraíso pessoal.
Sei que estabilidade e regalias são maravilhas nos dias de hoje,  saiba que pretendo lhe dar.
Porém seu coração apaixonado escolheu uma pobre sonhadora,  que se perde no horizonte e se distrai com letras e livros.
Não posso te oferecer riquezas desse mundo capitalista,  porém te darei todos os dias um amor sincero,  meus poemas e melodias coloriram seus dias assim como seus olhos colorem os meus. Pouco dessa vida terrena posso oferecer a minha rainha,  porém prometo lhe encher de presentes e mimos que dinheiro nenhum nesse mundo compraria!!!

domingo, 28 de julho de 2013

Só preciso chorar...

Nem tudo na vida tem preço,  nem tudo tem consolo, nem tudo se é negociável...
Não se põe valor em lágrimas nem se mede o desespero.
A dor é simplesmente a dor ela chega arrasa nossa alma um dia passa. Algumas vezes rápida como chegou ela some e outras ela persiste, insiste em nos queimar.
A minha raramente fica,  ainda não decidi se é uma bênção ou maldição...
Infelizmente meu coração de poeta se despedaça e sofre fácil e melancolicamente,  algo não notado por aqueles que pouco me conhecem,  o humor inabalável e o sorriso escondem a desordem de minh'alma.
Minha tristeza esmaga meu coração contra o peito,  mais não se preocupe.  Só preciso chorar,  as lágrimas levarão minhas tristezas.
Sou frágil como uma rosa e forte como a água das correnteza...
Com um pé na frente do outro, a cabeça erguida vou levando a vida,  o peito aberto está aqui para bater de frente!
Não há nada nessa vida que não passe,  muito menos algo que não possa ser superado!

domingo, 21 de julho de 2013

Nenhum é o seu...

Olho para os lados a procura de um olhar
Não é um olhar qualquer
Busco aquele olhar
Aquele que não é nenhum destes aqui presentes
Embora todos sejam carinhosos e meigos
Nenhum substitui aquele
Aquele olhar que me acalma e esquenta até a alma
Aquele olhar cheio de amor e ternura
Que me captura em qualquer lugar
Aquele olhar que me fala sem uma palavra pronunciar
Olhar cheio de ternura e por vezes rapidamente se põe a desejar
Olhar que me olha a alma
De meus maiores desejos o meu único desejo agora é poder por um instante te olhar
E matar essa falta que me faz teu olhar!!!

"Saudades é estar entre mil pessoas e sentir falta de apenas uma..."
Hoje entendo essa frase.
I miss you, all this time!!!

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Por amor...

O amor chega sem pedir licença e nunca se preocupa en perguntar se nós o queremoa, ele apenas chega devastando e colorindo tudo em seu caminho.  O cupido é um aliado travesso, escolhe um alguém aleatório,  e só cabe a nós, termos a dádiva da sorte...
Na verdade não é bem questão de sorte,  a vida nos mostra possivilidades, nem sempre felizes, fáceis  ou de fácil entendimento.
Porém quando é amor tudo suporta,  respeita e não importa o pecado,  será perdoado.
Meu amor e eu já passamos por tantas provas de fogo, passamos até hoje. Porém eu acredito que coisas fáceis se vão facilmente,  logo as difíceis tendem a ser e ter mais valor.
Se eu precisar passar o restante de minha vida lutando por meu amor,  eu lutarei 364 dias para desfrutar 1 que tenha teu sorriso!!!!
Eu trabalharia um mês inteiro das 9 às 22, para poder passar um único final de semana contigo.
Suporto o que vier,  levo o fardo que me for dado se for para te ter a meu lado.
Te amo!!!

domingo, 14 de julho de 2013

Dia 13...

Minha vida é marcada pelo 13 rs, e hoje aqui estou eu no Rio comemorando mais dois 13 que me deixam muito feliz, pois faz um ano que conheci minha alma gêmea e fazemos hoje ( ontem ) 10 meses de namoro XD...
Obrigada minha linda por ser tão especial.
Que continuemos nos amando assim, apesar da distância, das brigas de tudo.
E que esse futuro que nos espera chegue repleto de coisas belas.
Te amo, bjus...

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Um conto sobre Amor...

Em uma noite estrelada um homem já com seus 27 anos caminha cabisbaixo pela rua deserta, com o coração em frangalhos por uma desilusão amorosa, procurava conforto nas estrelas e lançava perguntas ao vento, esperando que ele respondesse algo para acalmar seu coração.
Sem saber o que fazer e onde ir o homem caminhou até seus pés doerem, chegando assim em uma ponte, onde havia uma visão ampla da lua. O pobre apaixonado se pôs a conversar com a lua, até que passou por ali um senhor, alguns anos mais velho do que aquele que ali estava.
- O que faz aqui meu jovem?
- Procuro respostas na lua!
- Isso têm cara de desilusão amorosa. Acertei?
- Sim... Porque eh tão difícil amar? Porque doi tanto essa perda?
- Não sei filho, o mais próximo que cheguei de um amor, foi o materno!- Disse o senhor com cara de desdém.
- O senhor nunca amou?
- Não, amor é coisa pra quem gosta de sofrer! Preferi viver só, sou feliz assim, sem compartilhar dessa sua dor.
- Jura? Nenhum relacionamento?
- Nenhum. Nunca chorei por amor, nem senti o enlouquecimento da paixão, vivi minha vida como eu quis, sem me prender, sem lágrimas, sem ninguém para me cobrar ou me esperar.
- E o senhor nunca sentiu vontade de nada disso? De alguém pra compartilhar?
- Talvez, porém se for para sofrer, prefiro sofrer sozinho.
O rapaz olhou para o céu e agradeceu baixinho a lua. O senhor sem entender o gesto lhe questionou:
- Pelo que está agradecendo rapaz?
- Eu estava perguntando a lua o porque de chorar, o porque de passar por isso. Perguntando se realmente merecia essa dor!
Vendo que o homem ainda não havia entendido, o garoto continuou.
- Eu agradeci a resposta da lua, pois o senhor veio até aqui para me esclarecer essas perguntas. De que me valeria não sofrer e nunca experimentar a alegria. Em que me adiantaria nunca chorar se também nunca experimentasse o sabor do sorriso? De que me valeria a alegria de viver sem amor, estando às margens da vida, pois se eu precisar chorar o restante de minha vida por um único amor eu mesmo assim o viveria, porque eu teria orgulho de me vangloriar que este eu vivi, e não de que tive tanto medo que vivi toda vida sem amar!

Rs...momento de inspiração louca Rsrs...
Enfim... O que eu quis dizer em uma escrita diferente do que eu faço foi que se for preciso chorar eu choro, se precisar sangrar que seja. Pois a vida está repleta de coisas e pessoas lindas que muitas vezes por medo nos deixamos passar. Ei não deixe, orgulhesse de suas lágrimas, pois elas mostram que você têm um coração, uma "vida".
Ou como diz uma escritora que eu  amo "...Esse amor que sinto é tão grande que não cabe no peito, e transborda em mim em forma de lágrimas...", bom não eh bem essa a frase, mais minha intenção de plágio é válida rs...
Espero que gostem na narração!
XD

sábado, 29 de junho de 2013

Eu espero...

O tempo passa e mostra como cada detalhe em minha vida eh valioso.
Cada passo foi importante, tudo se foi aproveitado, cada erro, cada palavra, discussão, acertos.
Nada foi em vão, confesso que certas coisas preferia não ter passado, porém se tudo que vivi me tornou quem sou, e me trouxe onde estou, fico feliz de ter passado e estar onde estou, porque aqui eh onde eu gosto de estar. Aqui= ao seu lado.
Passaria tudo novamente para chegar aqui, esse amor que sinto eh tanto que a cada dia aprendo com ele uma parte de mim oculta, e que só aflora contigo.
Pois você eh minha musa, minha inspiração, eu esperaria você para sempre se necessário, pois te amarei para sempre.
Porém confesso que fico feliz de você ter me feito ver as coisas com clareza e não precisar, esperar e sim viver.
Errando, reinventando, tentando e com sorte acertando.
Eu quero acertar, quero crescer, construir, quero algo além do que eu um dia já quis.
Logo eu que sempre fui simples e vivia apenas do hoje, sem planos de futuro e só me importando com minhas ideologias, um violão encostado na parede e folhas para novas músicas. Hoje desejo bem mais, hoje tenho projetos, confesso que bem pequenos já que sou quase uma hippie rs. Contudo é eu tenho e se eles existem eh por sua causa.

"Você me perguntou, eu engasguei sem coragem, travei...
não me atrevi a responder.
Porque eh que eu não desisto de você? Porque, eu não desisto...
Eu não desisto de você,
você precisa entender
Que eu não me inspiro sem você
sem você eu não me inspiro
Se você pensa em mim, se você me abraça
A vida eh graça plena, a vida eh cheia de graça..."

Amadurecimento?...

Ando me sentindo estranha ultimamente, não sei se é cansaço, estresse, saudade, ou o acúmulo de todos esses fatores.
Comecei a perder o sono e nem sei o porque, não existem fantasmas desta vez. Porém parece que o peso do mundo está sobre meus ombros, lágrimas escorrem sem que eu consiga entender porque.
Qualquer palavra mais forte eu agressiva me aperta o coração.
A pior parte de ser eu é não conseguir me entender, pois está tudo em ordem, tudo corre bem. Então porque me sinto assim?!
Será que às dores de gente grande estão começando a me atingir, ou serão os efeitos de Neruda?
Sinto como se tivesse tanto a ser feito e tão pouco tempo, aquela garota que vivia a vida um dia por vez está assustada, a necessidade de "ser alguém" está me perturbando. Preciso respirar, pois pela primeira vez em 22 anos sinto-me pressionada por algo em mim.
Minhas crenças crescem, meus pensamentos não param, minhas críticas aumentam e a verdade se revela. Será que amadurecimento é o nome dessa dor?

"...No fundo é simples ser feliz, difícil é ser tão simples assim..."

terça-feira, 25 de junho de 2013

:_(

Hoje eh um daqueles dias em que a noite eh mais fria que o normal, que a cama eh maior do que deveria e o vazio e a saudade se multiplicam.
A essa hora você está dormindo, descansando de mais um dia cheio.
E eu estou aqui, sentada na cama, todas as luzes apagadas, a nossa play list, me fazendo chorar de saudade e alegria ao lembrar de vários momentos maravilhosos, hoje eu queria só um "boa noite Amor, te amo...", mais seu dia foi cheio eu sei. Hoje meu coração tá cheio de saudade Amor, saudade dos abraços, cheiros, toques, beijos. Saudade dos teus olhos fitando os meus, e do teu abraço maravilhoso na hora de ir dormir.
Te amo!!!

"...Será que a sorte virá num realejo?
Trazendo o pão da manhã, a faça e o queijo
Ou talvez um beijo teu?!
que me empreste alegria
que me faça juntar
todo resto do dia..."

terça-feira, 18 de junho de 2013

Dias de luta...

Ando muito feliz esses dias, meu Amor está mais presente que nunca, os dias estão lindos, apesar de muitas horas de trabalho e para completar minha alegria, estou vendo um tempo que pensei que não veria, o povo brasileiro está se levantando e lutando por um ideal de respeito e direito do povo... Que coisa maravilhosa, vamos Brasil mostre a sua cara!
Eh lindo sentir essa ponta de esperança nas pessoas, lutar por alguma coisa eh algo tão belo, lutar por um bem geral eh tão lindo quanto! E estamos lutando, o dignidade, amor, esperança ainda existem em corações surrados e maltratados, como diz o Fernando "A felicidade bestializa, só o sofrimento humaniza as pessoas".
E a galera está cansadas de sofrer, está cansando se apanhar e de se matar para sobreviver... Nós ainda temos chance, ainda temos.jeito, enquanto acreditarmos em algo podemos TUDO!!!
Bom isso que estamos travando eh uma batalha, há sempre desordem, feridos, mortes  infelismente eh uma regra, porém se eh para morrer que seja lutando.

"Vamos fazer nosso dever de casa, e ai então vocês vão ver
Suas crianças derrubando reis,
Fazer comédia no cinema com as tuas leis..."

Bora geração coca-cola a muito adormecida...

sábado, 15 de junho de 2013

Lado a lado...

Eh muito prazeroso e incrível, ter alguém do teu lado mesmo quando esse alguém está tão distante. Só mais uma prova de que nada eh maior que o amor, nem o ciúme, nem as diferenças, idade, distância.
Somos mais próximas do que unha e pele, literalmente nos completamos, tanto que hoje notei o quanto você me conhece, detalhes que eu não lembro de ter citado, falamos sem falar, olhares e gestos são suficientes, realmente maravilhoso.
Somos exatamente perfeitas uma para outra, dois lados da mesma moeda, obrigada por me trazer tantas alegrias minha pequena!!!

" Eu sonhei que estava exatamente aqui, olhando pra você
Olhando pra você exatamente aqui
Se não sabe mais eu estava exatamente aqui olhando pra você
Se não sabe mais eu estava exatamente aqui

Pronto para despertar
perto mesmo de explodir
Parto para não voltar
pranto para estancar
Tanto para acordar
tonto de tanto te ver
Prestes mesmo de explodir
Perto de saber porque

Porque um raio cai?
Porque o sol se vai?
Se a nuvem vem também, porque você não vem?

Nada ve fica assim sonhando separado
Se no fundo a gente quer o dia a dia, lado a lado
Eu não vou deixar você, com esse medo de se aproximar
Pra ter o final da história,
um dia têm que começar

Então me diz porque que um raio cai?
Porque que o sol se vai?
Se não eh pra gente perceber que um milagre assim se faz,
Porque que o raio cai?

Eh natural que seja assim
Vc ai e eu aqui, exatamente aqui
Eh natural que seja assim
Vc ai e eu aqui, exatamente aqui
Eh natural que seja assim
Vc ai e eu aqui, exatamente aqui..."
Tulipa Ruiz- dia a dia, lado a lado

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Nosso dia...

Depois de uma temporada de brigas, lágrimas e tristeza
Venho feliz contar-lhes que hoje faz exatamente 9 meses que estou namorando a mulher da minha vida.
Bom passamos uns meses meios thrashs com brigas, eu maluca pedindo um fim, ela como sempre fiel a nosso amor me pedindo paciência.
Fico feliz pelo seu poder de persuasão pequena...
Obrigada por me mostrar que as diferenças não são nada perto do que sentimos, nem a distância.
Obrigada por esse recomeço, e espero que continuemos crescendo e melhorando cada dia mais esse lindo relacionamento!
Te amo muito

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Meu presente...

Não há melhor presente do que teu amor,
Nem maior conquista do que fazer-te sorrir,
De que vale algo palpável e comprado
Quando ganho tanto de bom grado
Os melhores presentes me foram dados sem ser comprados
Foram de alma e coração
Trago comigo todos esses lindos ganhos
Que minha mente guarda com tanto esmero
que sempre me traz sempre mais um presente que não espero
Que faz todos os dias ser "meu dia dos namorados"...
Te amo!!!

Simplesmente acontece...

O amor bateu a minha porta em um dia qualquer
Entrou sem pedir licença
e sem pudor fez-se minha verdade
Seu mundo se chocou ao meu
e hoje já não posso separá-los
Sem você meus dias são nublados
minha mente se perde em pensamentos sobre você
Cada dia que passa sinto-me mais apaixonada e emocionada
Cada palavra de amor, cada carícia e cada eu te amo
Faz de meus dias um dia melhor
Você se fez meu sol, antes mesmo de eu ter visto o céu
Tornou meus sorrisos mais belos.
O amor eh realmente o melhor sentimento que existe
Agradeço todos os dias, por ter ganhado essa dádiva que eh amar!!!

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Dias de sol...

Os dias de chuva chegaram ao fim,tudo está colorido e cheio de vida novamente.
A saudade latente em meu coração, deixa óbvio o amor em minha vida.
Eh tão incrível o poder do amor e tão banal o conceito que a maioria de nós temos sobre ele.
O ser humano está encontrando o amor de sua vida umas 6 vezes por ano e dizendo eu te amo como se fosse obrigado!
Sempre que digo essa maravilhosa frase meu coração palpita e quando ouço minha alma se alegra tanto.
Sei que só terei um amor, porque o amor eh eterno e eu só amo uma pessoa e amarei para o resto de minha vida.

"E hoje em dia como eh que se diz eu te amo?!"
( Eu te amo, quem que já ouviu isso? De verdade? Como eh que se diz eu te amo hoje em dia?
Vozes ao fundo: Eu te amo!
Ah, eu pensava que era, vamos fica um pouquinho gatinha!
Eu demorei tanto tempo pra aprender a namorar, vocês nem sabem...")
Na minha concepção a melhor parte da música eh essa, rs... Renato sempre me depreende.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Se não for amor eu cegue...

Pode ser um lapso do tempo
E a partir desse momento acabou-se solidão
Pinga gota a gota o sentimento
Que escorrega pela veia e vai bater no coração
Quando vê já foi pro pensamento
Já mexeu na sua vida, já varreu sua razão
Acelera a asa do sorriso
Muda o colorido, vira o ponto de visão
Cai o medo tolo, cai o rumo
Quando a terra sai do prumo eu estou perto de ti
Abre-se a comporta da represa
Desviando a natureza pra um lugar que eu nunca vi
Uma vida é pouco para tanto
Mas no meio desse encanto tempo deixa de existir
E é como tocar a eternidade
É como se hoje fosse o dia em que eu nasci
Livre, quando vem e leva
Lava a alma, leve e vai tranquila
E a pupila acessa do seu olho disse love
Bem, se não for amor eu cegue
Bem, se não for amor eu fico
Eu sigo, sigo, sigo, eu fico cego por ti
Bem, se não for amor eu cegue
Bem, se não for amor eu fico
Eu sigo, sigo, sigo, eu fico cego por ti
Eu fico cego por ti

terça-feira, 4 de junho de 2013

O melhor de nós...

A saudade colocou-se em seu lugar,
Fez-me sentir a falta de teus beijos e olhares
Assim como o gélido vento da noite, ela me faz tremer
Lembranças e lembranças são lançadas em minha mente
Lembranças de ontem e de outrora,
Lembranças de um Amor que nunca foi embora
Como uma bela canção que sempre nos faz cantar,
Está aqui diante de mim esse amor que me faz sempre suspirar
Amor esse que parece que nunca irá acabar...
Posso ouvir tua voz e sentir teu perfume,
Talvez seja por tudo estar tão presente quanto antes
Agora já conheço a dor da falta,
Sei o gosto do perder, lembro-me do amargo sabor do não ser.
Quero aproveitar o hoje,
não há mais espaço para o passado
Vamos sem pressa, sem planos,
Um passo de cada vez,
dando tempo para as cicatrizes  deixadas pela dor de ontem
se fecharem, cicatrizarem...
Sem medo do hoje, sem receio do amanhã e sem pressão pelo ontem
Vamos apenas amando, pois o amor tudo cura e tudo suporta.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Se fosse simples não seria amor...

Me deparei com o sentimento mais lindo e glorioso que alguém pode encontrar.
O medo de perder tudo aquilo que tinha, me fez meio que querer perder, sei que eh confuso. Mas ouvi em um filme certa vez: "Meu medo de te perder era tão grande, que decidi, te perder aos poucos por achar que assim seguiria menos...". Bom algo assim. Enfim, porém acho que você têm razão, não posso fugir disso, não posso esconder e agora nem ao menos negar. Como já havia escrito aqui antes, amor não passa, não se troca, não morre e muito menos se esquece, te ver mudou tudo.
Não posso mais mentir para nós.
Se estiver errando, que seja, vou errando e fazendo o necessário para acertar.
Obs. A frase usada acima eh uma citação de O alto da compadecida.

domingo, 2 de junho de 2013

Te amo...

Se já perdemos a noção da hora
Se juntos já jogamos tudo fora,
me conta agora como ei de partir?!
Se ao te conhecer dei pra sonhar, fiz tantos desvarios
Rompi com o mundo,
queimei meus navios
Me diz pra onde eh que ainda posso ir?!
Se nós, nas travessuras das noites eternas
Já confundimos tanto nossas pernas
Diz com que pernas eu devo seguir?!
....
Simplesmente isso!!!

quinta-feira, 30 de maio de 2013

O que eh realmente necessário...

Hoje em uma conversa boba, chegaram ao ponto de vista de que eu não tenho o desejo de crescer, ser independente, ter realmente uma vida com regalias.
Uau... As pessoas realmente crêem que uma estabilidade financeira e uma vida de regalias seja tudo, ok não estou sendo hipócrita, quem não quer?!
No entanto eu quero mais, quero uma coisa que dinheiro nenhum me trará, quero descobrir e me tornar quem eu sou.
Eu trabalho, me sustento, preciso pagar minhas contas, porém esse eh minha única ligação com o dinheiro, acima de tudo eu me preciso.
Enquanto pessoas procuram uma forma de crescer monetariamente eu apenas quero evoluir moralmente, será que isso eh assim tão estranho?!
Vivo com o pouco que tenho, que por sinal para mim eh o suficiente, não passo fome, nem mendigo por ai para sobreviver.
Faculdade, carro, casa própria, uma boa conta corrente gorda no banco eh algo que eu não reclamaria de ter, no entanto eu não me comentaria com isso, preciso de mais, preciso de mim, de crescer mentalmente, moralmente, psicologicamente.
Tenho uma ideologia minha e só minha, tenho crenças e perguntas que precisam ser descobertas e levadas até serem esclarecidas.
Talvez eu realmente viva numa utopia, num mundo onde só eu penso assim. Entretanto enquanto eu for feliz neste meu mundo, nesta minha maneira de ver o mundo eu viverei nele.
Pois acima de tudo procuro minha liberdade, minha alma têm desejo de liberdade, minha vida anseia por ela, este eh meu sonho... Será que eh loucura viver querendo tal liberdade?!
Se for, eu serei uma louca muito feliz, a mais feliz de todas, porque a beleza da vida não está na sala de uma casa, assistida em uma tela plana de 50 polegadas, conectada na globo.
E sim em olhar um dia de céu limpo e enxergar a beleza da vida em um simples e fresco vento no rosto.

"...quando o sol ascena, parte em mim diz valer a pena, ser assim. Que no fundo eh simples ser feliz, difícil eh ser tão simples..."
O teatro mágico  Nas margens de mim

terça-feira, 28 de maio de 2013

Thanks...

Estou escrevendo este post, para agradecer a todos vocês que lêem meus textos, e para dar um muito obrigada para as pessoas que comentaram, eh que sou muito leiga rs, e para variar eu faço as postagens de um aplicativo do celular e não consigo responder os comentário com um comentário =/ ... Gosto muito de saber a opinião de vocês, de saber que meus textos têm um sentido, que não servem apenas para preencher papel, ou uma página da internet.
A cada dia que passa eu vejo que cresci um pouco, e me descubro mais e sei que isso acontecerá muito, pois tenho muito a crescer e aprender... E espero poder passar isso pra frente. Obrigada mesmo!!!

segunda-feira, 27 de maio de 2013

"Se eu tenho direito ao grito, eu grito..."

E a folha de papel tornou-se meu mundo,
A caneta fez-se minha boca
E às palavras preenchem às linhas
A folha branca agora está cheia
De meus gritos mudos, os quais só dessa forma consigo gritar
Palavras cheia de amor e raiva
Tingem o inocente pedaço de papel
Que agora conhece meus medos, receios, amores e dores
Como posso perder às palavras quando preciso dizê-las
E minutos depois tão bem escrevê-las
Tudo se torna mais bonito, intenso, doloroso quando se eh escrito
As palavras se tornam mais belas e mais compreensíveis quando estão escritas
Porém as vezes eu preferiria conseguir colocar as palavras faladas
Tão bem quanto quando as escrevo
Em uma folha que apenas eu verei (agora vocês também, rs)...

"...e escrevi a primeira linha vaga,
vaga, sem corpo, pura brincadeira
pura sabedoria
de quem não sabe nada,
e vi de súbito o céu
debulhado e aberto,
planetas, plantações palpitantes,
a sombra perfurada,
atravessada por flechas,
fogo e flores
a noite agasalhadora, o universo.
E eu, um mínimo ser,
ébrio do vazio enorme constelado,
a semelhança, a imagem do mistério,
Senti-me parte pura desse abismo,
girei com as estrelas,
meu coração se desatou no vento."
A Poesia, Pablo Neruda
Na minha opinião a mais bela poesia, como fica meio claro no início ele conta como se sentiu com o seu primeiro poema, coloquei só uma parte, a que mais gosto. Sei como ele se sente, pois sempre que escrevo eh minha alma em tinta que está naquele pedaço de papel.
Minha bagunça parece mais clara quando escrita, parece que fico mais em ordem, se eh que eh possível eu estar em ordem...
Porém eu até que gosto disso, gosto da minha bagunça, das minhas desavenças com o sistema, de minhas convicções, e ideologias, gosto desse meu modo diferente de enxergar a vida, pois quando a maioria das pessoas vêem apenas a noite eu consigo ver a beleza das estrelas e a maravilhosa lua.
As coisas simples podem ser lindas se vistas com outros olhos, ou escritas com o coração.